NOSSOS VÍDEOS

Loading...

NOSSA HISTÓRIA

1ª Logamarca do Projeto Céu de Pernambuco
O Projeto Céu de Pernambuco é a continuação do "Sonho" de um Grande Homem, Padre Jorge Polman, que via nas estelas a razão para acreditar num mundo melhor.

O Projeto foi idealizado pelo professor Walter Pessoa, depois de uma pesquisa realizada sobre a História da Astronomia em Pernambuco. Durante a mesma, constatou-se que a história da astronomia em Pernambuco é de uma riqueza sem igual, fazendo parte desse roteiro: Ideologia, Trama, Ação, Aventura, Descobertas Científicas e Gente. Na verdade, as "ESTRELAS" que compõem o CÉU DE PERNAMBUCO são todas as Pessoas que fizeram acontecer a Astronomia em Pernambuco. Entre Elas, um Padre Holandês (Jorge Polman) que em 1972, depois de apontar um pequeno telescópio de 4 polegadas para o Céu,  desperta a curiosidade em alguns adolescentes, que na época eram seus alunos  de Ciências do Colégio São João no Bairro da Várzea - Recife-PE, resultando na observação do Cometa Kohoutec em 11 de novembro de 1973, a exatamente 03h45min. Depois da observação do Cometa, por António Batara (15 anos), Marcícilo (16 anos) e Pe Jorge Polman, a notícia chega a Imprensa da época, fazendo acontecer uma busca cada vez mais crescente pelos conhecimentos astronômicos. A partir daí, surge o CEA (Clube Estudantil de Astronomia) e posteriormente a SAR (Sociedade Astronômica do Recife), ambas Idealizadas pelo Padre Jorge Polman. Com a morte do Padre em 02 de junho de 1986, o Império da Astronomia Pernambucana começa a ruir. Todo o Sonho do Grande Mestre Jorge Polman literalmente vai ao chão. Sem o Castelo e sem o Lider, é o fim da magia que encantava as noites de astronomia em Pernambuco. É o fim do GRANDE IMPÉRIO DA ASTRONOMIA PERNAMBUCANA, restando apenas a saudade das Noites de Observações e do Mestre.
No último parágrafo do Livro SONATA INTERROMPIDA de José Antònio Barata Araújo, livro que conta a relação pessoal de Antònio Barata, como primeiro discípulo de astronomia do Padre Jorge Polman, e seu Mestre, lemos o seguinte:



...Junto com ele veio o combate derradeiro. Com ele a morte da maioria do esquadrão. Foi ataque de surpresa. Registros contam que nada ficou de pé e entre estes, como eu, reluz apaixonada esperança dos dias atuais...

“Quem sabe...Quem sabe...”


Um dia alguém falou que Pernambuco precisava novamente de pessoas sonhadoras como o Padre Jorge Polman para provocar um novo START na Astronomia de nosso estado. Acredito que uma única pessoa não teria forças para conseguir um feito dessa natureza. Por isso é que o Projeto Céu de Pernambuco foi criado. Temos que unir nossas forças para fazer acontecer novamente o "ENCANTO". Temos que unir nossas forças para fazer acontecer novamente o "FASCÍNIO" em ver o céu. Temos que fazer acontecer novamente o "BRILHO NOS OLHOS" das pessoas, que até poderão ser futuros astrônomos, mas principalmente terão a oportunidade de sonhar com a “Poesia das Observações do Céu”.


Projeto Céu de Pernambuco
Walter Pessoa