NOSSOS VÍDEOS

Loading...

domingo, 22 de junho de 2014

DADOS FÍSICOS DE UM TELESCÓPIO

01. Aumento: é a relação entre o tamanho de um objeto observado a olho nu e o seu tamanho quando visto pelo telescópio.
F = distância focal da objetiva em mm
f = distância focal da ocular em mm

A = F/f

02. Aumento Máximo útil determina a maior ampliação que um telescópio pode oferecer sem prejudicar a qualidade das imagens.
D = diâmetro da objetiva em mm

Amax = 2.5xD

03. Poder Separador: é o mesmo que resolução (em segundos de arco). É o poder de isolar e tornar visível detalhes sutis nas observações.
D = diâmetro da objetiva em mm

PS = 120/D

Magnitude Limite: a magnitude limite indica o menor brilho ( maior valor de magnitude aparente ) que um telescópio pode captar.
D = diâmetro da objetiva em cm

M = 7,1 + 5log(D)

Luminosidade: A luminosidade é quantidade de luz que um telescópio pode captar. Quanto maior o diâmetro da objetiva, mais luminoso será o instrumento. A luminosidade de um telescópio, porém, também depende da distância focal. A razão entre a distância focal e o diâmetro da objetiva fornece uma medida para a luminosidade do instrumento.

Razão Focal: é a relação existente entre a distância focal e o diâmetro da objetiva. Quanto maior a razão focal maior será a luminosidade do telescópio.

R = F/D

Campo Visual: O campo visual representa a área aparente do céu quando observada pelo telescópio.
Cv = Campo visual
Co = campo da ocular
A = aumento

Cv = Co/A

Fonte: APOSTILA DE CONTRUÇÃO DE TELESCÓPIOS – DAS/INPE

Nenhum comentário: